Quem Somos

Sim, somos mães, mas também somos Carolinas, Priscilas, Brunas, Teresas, Fátimas, Fernandas, Natálias, Rebecas, Rejanes, Anas e Livias. Parimos naturalmente, fizemos cesariana, abortamos, adotamos e perdemos umx filhx. Somos negras, brancas, da cidade, do interior, da serra e da praia. Somos da favela, do asfalto, da Zona Norte, da Zona Sul e da Baixada. Somos putas e santas, escandalosas e tímidas. Gostamos de homem e também de mulher. Vivemos relações a dois, a três, a quatro, de quatro e em pé e dormimos de conchinha debaixo do edredom. Queremos sexo todo dia, não queremos nunca mais também. Trabalhamos dentro e fora de casa. Somos artistas, engenheiras, economistas e cozinheiras. Somos casadas, solteiras, viúvas, divorciadas, traumatizadas e apaixonadas. Somos religiosas e atéias. Somos caretas e loucas, do lar e do bar, do dia e da noite. Somos também avós, tias, primas, irmãs, vizinhas e cunhadas. 

Ser mãe não nos define. Ser mãe é apenas mais um aspecto das nossas vidas. Acima de tudo somos todas MULHERES. 



O Não me Chamo Mãe é um espaço pensado e criado por mulheres que travam a batalha diária de ser MÃE x ser MULHER. Aqui queremos abordar assuntos que vão além dos cuidados diários de umx bebê, sobre amamentação, alimentação, criação e educação. 

Queremos dar voz as mulheres que (re)nasceram pós-maternidade, a relação delas com essa nova vida, do que gostam e não gostam, dos seus sonhos e angústias, dos seus trabalhos e carreiras, o que amam fazer, ouvir e pra onde querem ir. 

Além disso queremos trazer para a roda os tabus e polêmicas levantados e discutidos somente em grupos fechados e secretos de mães das redes sociais, pois fazer isso é só chover no molhado. Vamos fazer barulho juntas e aqui só tem espaço pra papo reto.

AQUI SORORIDADE É VERBO, EMPODERAMENTO É TRAVESSEIRO, EMPATIA É COBERTOR E AMOR É SANGUE NAS VEIAS.

Studio na Colab55

Notícias mais lidas

No Facebook

Parceiro

Postagens Recentes

More

Ser mãe em yorubá

Bora? - De 1 a 3 de setembro

Três vezes quase