Postagens mais lidas

Studio na Colab55
Interessante que quando fizemos a publicação de dia dos pais ilustrando o que seria o real papel de pai, apareceu muito unicórnio que vestiu a roupa de super pai, deu check em cada imagem e mostrou pra toda sua rede social que eram pais presentes, aqueles acima da média. Ficamos...

Livre demanda: "livre" pra quem?

Calma. Primeiro preciso deixar uma coisa clara pra quem só vai ler o primeiro parágrafo: sou a favor da livre demanda sim, até certo ponto. Meu filho mamou Leite Materno em Livre Demanda até 1 ano e 7 meses e foi ok pra mim, foi a nossa escolha. Acredito eu...

A maternidade solo que não deixa a gente beijar na boca

foto: Fernando SouzaA gente fala muito por aí que a maternidade é solitária. Muitas vezes deixamos várias facetas de nós mesmas para escanteio. Deixamos passar oportunidades, amores, vivências. Quando a gente é mãe solo, muitas vezes a faceta mulher fica ainda mais de lado. Nossos desejos, nossa procura, nosso tesão, nossa curtição...

Re-descobrir-se, é disso que o desejo trata

Eu queria casar com o pai da minha filha. Quase lhe pedi de joelhos a sua mão em casamento, e ele me explica de formas legíveis e ininteligíveis, que a nossa relação acabaria se concretizássemos o ritual. Ele dizia que não acreditava em casamentos, que podíamos fazer uma festa, mas que...

A invisibilidade das mães de crianças atípicas

Eu sempre li na internet que “as crianças se desenvolvem naturalmente, não precisam de muita estimulação” e entendo que isso preserva as crianças de certa ansiedade da família por querer que o bebê engatinhe aos seis meses, ande com um ano e por aí vai. Eis que aos cinco meses...

A bipolaridade da minha filha fez eu me conhecer melhor

Em julho de 2014, minha filha mais velha teve que ser internada numa clínica psiquiátrica, durante 14 dias. Até então, não tínhamos diagnóstico, desde 2009, quando ela teve as primeiras crises, com 14 anos na época. Nesse processo todo dela e nosso comecei a buscar me fortalecer e me conhecer,...

Não vou sentir saudade daquele recém nascido

“Ah, bebês só ficam legais mesmo por volta de 1 ano”. Toda vez que eu falo essa frase olhares espantados me rodeiam. Como assim? Você está dizendo que meu pequeno RN não é chato? Sim. Você está dizendo que nem seu filho era legal com um mês? Sim. É exatamente...

Ser mãe em yorubá

Uma coletânea de poesias, relatos e contos, fotos e artigos do período de fecundação, gestação, parto e puerpério da poeta, atriz, arteterapeuta, jornalista e mestranda em artes, Adriana Rolin se transformaram em livro, o Cria Jubal. Foi a partir desses relatos amorosos, um verdadeiro convite para os leitores fruíssem dessa...

Contato

Quem Somos

Quem Somos

Ser mãe não nos define.
Ser mãe é apenas mais um dos aspectos das nossas vidas.
Acima de tudo somos todas MULHERES.
Aqui Sororidade é verbo, empoderamento é travesseiro, empatia é cobertor e Amor é sangue nas veias.

Saiba mais AQUI

No Facebook

Parceiro

Postagens recentes

    More

    Bora? - De 1 a 3 de setembro

    Três vezes quase

    Mãe Guereira x Pai Herói